Após crise hipertensiva, Miriam deve receber alta amanhã

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, passa bem e provavelmente receberá alta médica na sexta-feira, 3. A informação é do cardiologista Roberto Kalil Filho, integrante da equipe que trata da ministra no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

GUSTAVO URIBE, Agência Estado

02 de fevereiro de 2012 | 12h07

Miriam realizou na manhã desta quinta-feira, 2, uma primeira bateria de exames, entre eles ressonância magnética e eletrocardiograma, para avaliar seu estado de saúde. Uma nova série de exames é esperada para o decorrer desta tarde.

A ministra deu entrada na madrugada da quinta-feira no hospital após ter sofrido uma crise hipertensiva. Na manhã de ontem, a ministra passou mal e chegou a ser atendida no Instituto do Coração de Brasília, com quadro de pressão alta. Como já tinha exames agendados Sírio Libanês, ela decidiu antecipar o check-up.

Nesta tarde, ela receberá a visita do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que realiza tratamento contra um câncer na laringe, diagnosticado em outubro, no mesmo hospital. A previsão é de que um novo boletim médico sobre o estado de saúde da ministra seja divulgado na tarde de hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
Miriam BelchiorinternaçãoSPamplia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.