Após colisão, carro cai no fosso lateral do Congresso

No final da manha desta terça-feira, 1, o Renault Clio placas, JPG 0743, de Brasília, dirigido por Roberto Nascimento, caiu no fosso lateral do Senado, depois de ser atingido por outro Renault Clio, placas KDZ 7890, também de Brasília, dirigido pelo funcionário do Senado Vicente Júnior, que saía para almoçar. Na queda, o air bag do veículo foi acionado e impediu que Roberto sofresse escoriações.Ao cair, o automóvel atingiu a tubulação do sistema de ar-condicionado da Casa, provocando vazamento de gás que foi controlado logo em seguida pelos funcionários da Polícia Legislativa. O barulho do vazamento provocou tumulto entre as pessoas que trabalham ou circulam nas proximidades do Plenário. O local do acidente foi isolado pelos policiais da Casa e pela Polícia Militar até a chegada da perícia. Os envolvidos no acidente apresentaram versões contraditórias para o episódio. Roberto disse que estacionava seu carro na via lateral da Esplanada dos Ministérios para ir até à agência do Banco do Brasil localizada no Senado quando foi atingido por outro carro. Vicente, por sua vez, alegou que dirigia em baixa velocidade e que o outro carro saía da vaga sem sinalizar.N

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.