Dida Sampaio/AE
Dida Sampaio/AE

Após cirurgia, Genoino vai para UTI

Deputado foi submetido a uma operação para correção de problema na artéria aorta

José Roberto Castro e Carla Araújo, Agência Estado

25 de julho de 2013 | 09h48

O deputado José Genoino (PT-SP) foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois de uma cirurgia a que foi submetido para a correção de um problema na artéria aorta. "A cirurgia terminou há pouco, foi muito grave e eu estou embarcando para São Paulo", disse o líder do PT na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), irmão de Genoino, ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. Guimarães ressaltou que Genoino "passou bem" pela operação. No Twitter, Guimarães agradeceu as orações para seu companheiro de partido.

A operação, que foi classificada como "bem-sucedida" pela assessoria de Genoino, começou por volta de 23h desta quarta-feira, 24, e só terminou no final da madrugada desta quinta-feira, por volta das 5 horas. Genoino havia sido hospitalizado na manhã desta quarta-feira em Ubatuba (SP), depois de sentir dores no peito. À tarde, ele foi transferido para o Hospital Sírio-Libanês. O deputado está sob cuidados do médico Roberto Kalil Filho. Genoino é ex-presidente do PT e foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão no ano passado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha durante o julgamento do mensalão. No início deste ano, ele assumiu o sétimo mandato na Câmara.

Tudo o que sabemos sobre:
José Genoinointernaçãocirurgia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.