Apoio do prefeito em Rio Preto atrapalha favorito

Apesar de ter vencido por grande margem o primeiro turno, o deputado estadual Valdomiro Lopes (PSB) vive um revés na disputa pela Prefeitura de São José do Rio Preto. Era considerado o favorito para liquidar o pleito já na primeira etapa, mas teve 40,02% dos votos válidos, ante 28,91% de João Paulo Rillo (PT). O terceiro postulante, Orlando Bolçone (PPS), apoiado pelo prefeito, teve 25,26%.Na campanha de segundo turno, a tendência se inverteu. E o apoio do prefeito Edinho Araújo (PPS) a Lopes pode ter sido importante na possível virada. No primeiro turno, Lopes atacou a gestão de Araújo.Para Rillo, os ataques do rival ao prefeito o beneficiaram na reta final da campanha. "Eles se digladiaram publicamente no primeiro turno, com muitas acusações e essa contradição, agora, está sendo percebida e sentida pelo eleitor", observa o petista, convicto de que, na contagem dos votos, sairá vencedor. Se isso ocorrer, será a primeira vez que o PT elegerá um prefeito em Rio Preto - em 2000 teve a vice-prefeita, Maureen Cury, na chapa do então aliado Araújo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.