André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

'Aplaudo decisão de Temer de suspender nomeações em estatais', diz Calheiros

Em nota, presidente do Senado parabenizou o mandatário da República em exercício e considerou resolução 'oportuna'

Isabela Bonfim, O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2016 | 17h34

BRASÍLIA - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), parabenizou o presidente em exercício Michel Temer por suspender as nomeações políticas em estatais. "Aplaudo a decisão do presidente da República, Michel Temer, em suspender as nomeações para a diretoria e presidência das estatais, além dos fundos de pensão. É uma decisão oportuna e que repõe os critérios técnicos para preenchimento de cargos estratégicos no país", disse em nota.

A decisão de Temer foi anunciada na tarde dessa segunda-feira, 6, e vale até que seja aprovado pelo Congresso o projeto que impõe novas regras para a governança de estatais e fundos de pensão. A proposta já foi aprovada pelo Senado e está sob avaliação na Câmara dos Deputados.

Renan afirmou que os projetos mencionados pelo presidente em exercícios como prioritários também fazem parte da agenda emergencial do Senado e do Congresso, em referência ao projeto que determina que as designações só serão feitas com pessoas de "alta qualificação técnica" e preferencialmente "integrantes dos quadros" dessas empresas e órgãos.

Renan confirmou que o Senado vota amanhã a nova Lei de Finanças Públicas, que atualiza a Lei Geral de Orçamentos (Lei 4.320/1964), que foi aprovada pouca antes do golpe militar de 1964. O presidente do Senado também relembrou que recebe, nessa semana, governadores de diferentes estados para iniciar a discussão sobre a ampliação do Supersimples, sistema diferenciado de tributação para micro e pequenas empresas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.