Apex troca presidente após uma semana

Alex Carreiro pediu para sair da presidência da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos após enfrentar resistência de funcionários

Redação, O Estado de S.Paulo

10 Janeiro 2019 | 08h26

O chanceler Ernesto Araújo anunciou na quarta-feira, 9, pelo Twitter, a saída de Alex Carreiro do cargo de presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), após uma semana no cargo. Ele vai ser substituído pelo embaixador Mário Vilalva.

“O sr. Alex Carreiro pediu-me o encerramento de suas funções como presidente da Apex. Agradeço sua importante contribuição na transição e no início do governo. Levei ao presidente Bolsonaro o nome do embaixador Mario Vilalva, com ampla experiência em promoção de exportações, para a presidência da Apex”, escreveu Araújo no Twitter.

Foi o próprio Araújo quem o indicou para o cargo, mas Carreiro enfrentou resistências de funcionários da Apex, de ministros, militares e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), segundo fontes do Planalto. Nos corredores, a informação era de que ele mal falava inglês. Ele era filiado ao PSL e atuou na liderança do partido na Câmara entre 2011 e 2013 e depois assessorou a Secretaria Nacional de Portos. A Apex atua para promover produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.