Apesar de assédio, Dornelles não assegura apoio do PP a Dilma

Na última consulta aos diretórios regionais, 20 eram a favor de Dilma e 7 tinham preferência a Serra

Carol Pires, de O Estado de S.Paulo

04 Maio 2010 | 15h08

BRASÍLIA - O presidente do PP, senador Francisco Dornelles, não deu garantias de apoio amplo do partido à pré-candidata do PT à Presidência da República, Dilma Roussef. Em almoço com a pré-candidata, o presidente do PT, José Eduardo Dutra e o ministro das Cidades, Márcio Fortes, Dornelles disse que a executiva do PP liberou os diretórios regionais para fazerem alianças com s partidos que acharem melhor, independente de ser oposição ou governo. No final deste mês, os diretórios estaduais deverão informar a aliança que formaram e só então a cúpula do partido decidirá se apoiará um candidato à presidência ou se ficará neutro nestas eleições. Na última consulta feita aos diretórios regionais do PP, 20 disseram ser favoráveis a Dilma enquanto sete manifestaram preferência a Serra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.