Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Aos 142 anos, ‘Estado’ aposta em inovação

Jornal comemora aniversário de fundação com novos produtos e serviços e reconhecido pela qualidade de conteúdo em todas as plataformas

O Estado de S.Paulo

04 de janeiro de 2017 | 05h00

Desde a fundação, em 1875, O Estado de S. Paulo é reconhecido por sua credibilidade. Em 2016, foi escolhido pela 14.ª vez em 17 anos o jornal mais admirado do Brasil. Ao completar 142 anos, comemorados nesta quarta-feira, 4, a marca consolida esse reconhecimento nas plataformas digitais.

Hoje, os leitores do Estadão já podem acompanhar as notícias sem sair do WhatsApp, receber os destaques por e-mail, graças às newsletters, ler a edição do dia no smartphone ou ser avisados dos principais fatos pelas redes sociais ou pelas notificações nos celulares. Para atender os leitores digitais, o Estadão reformulou o seu portal, melhorando a experiência dos usuários, redesenhou o Paladar, o Link e o Viagem, relançou o E+, site voltado à cultura pop, e investiu em realidade virtual.

Com a expansão dos aplicativos de mensagens, o Estadão lançou, em março, os boletins de notícias via WhatsApp. São mais de 10 mil leitores cadastrados que recebem os principais destaques do Brasil e do mundo. Para participar, basta incluir o número (11) 991238237 em sua lista de contatos e enviar uma mensagem pedindo a inclusão no serviço. Usuários que preferem o Telegram também podem receber os boletins. Basta procurar e seguir a conta do Estadão.

O Estadão também estreou na realidade virtual. No projeto Expedição Brasil #Bonito, os leitores podem mergulhar, fazer uma trilha de 4x4, descer o Rio da Prata em um rafting ou fazer um rapel em um paredão de mais de 90 metros de altura. Tudo isso ao lado da blogueira do Viagem e aventureira Karina Oliani.

Para desfrutar do passeio, com produção da Academia de Filmes, o leitor tem de baixar o aplicativo Estadão Realidade Virtual, disponível para Android e iOS. 

Os assinantes do Estado ganharam a comodidade de ler o jornal do dia no smartphone. O aplicativo Estadão Digital, que pode ser baixado gratuitamente, notifica o leitor sempre que uma edição estiver disponível e permite a compra avulsa para quem não é assinante.

Em 2016, o Estadão investiu ainda para chegar até a caixa de e-mail dos leitores. É possível receber as manchetes logo pela manhã, as principais notícias de política, economia, tecnologia, educação ou cultura, além dos destaques do fim de semana, por exemplo. Desde dezembro, os leitores também podem receber a newsletters do Estadão Noite. A publicação traz os principais acontecimentos do dia em uma versão remodelada e mais prática, com foco na curadoria. 

Foi a curadoria de conteúdo que também norteou o relançamento do site do Estadão, em julho do ano passado. Com um design mais moderno e responsivo, o conteúdo se adapta ao tamanho da tela do dispositivo do usuário, seja um PC, um smartphone ou um tablet. A área principal do site traz o “Saiba Agora”, uma lista com o que o leitor precisa saber naquele momento.

Novos produtos. Além do redesenho do portal do Estadão, o Paladar, voltado à gastronomia, o Link, que cobre os assuntos ligados à tecnologia, e o Viagem, que trata de turismo, ganharam novos sites. 

Outro novo serviço ao leitor é o Guia de Cinema. A ferramenta, com a programação completa dos filmes em exibição nas salas paulistanas, estreou em dezembro e reúne informações sobre direção, elenco, sinopse e avaliação dos críticos.

O Estadão também relançou o site E+, voltado à cultura pop. Ele reúne notícias e curiosidades de cinema, televisão, música, gente, além dos assuntos em discussão nas redes sociais. Tem forte presença mobile e traz parcerias com outros sites, como o Papo de Mãe, que trata de questões de maternidade, e o Bora.aí, com dicas e atividades culturais para crianças. Neste ano, o E+ estreia um chat bot, serviço no Facebook que interage com os leitores via mensagens.

Em 2017, o Estadão lançará ainda um novo site de educação. O portal trará conteúdo da ONG Todos Pela Educação, além de contar com a blogueira Ana Maria Diniz e o Blog dos Colégios, iniciativa que reúne mais de 50 escolas.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    EstadãoPaladarViagemFacebook

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.