Ao lado de Lula, Sérgio Cabral chama rapaz de otário e sacana em vídeo

Governador do Rio teria prometido um notebook ao rapaz por ofensas

07 de agosto de 2010 | 20h07

SÃO PAULO - Em um vídeo postado no site YouTube, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, aparece, ao lado do presidente Lula, discutindo e xingando um rapaz identificado na gravação como Leandro. Segundo o site do blogueiro Ricardo Gama, que diz ter publicado o vídeo, o fato ocorreu no Complexo do Manguinho, zona norte do Rio, no ano passado.

 

Na gravação, Leandro conversa com Lula sobre a utilização de uma piscina que o complexo de prédios que estava sendo inaugurado teria. O rapaz diz ao presidente "A gente não pode entrar na piscina", Cabral intervém e indaga "Por quê?", ao que o menino retruca "Porque não abre para a população". Depois de um corte na gravação, Lula conversa com Cabral e se diz preocupado com o prejuízo político causado caso a imprensa descubra a impossibilidade de uso da piscina.

 

Depois de outra edição na filmagem, o rapaz reclama do barulho que o Caveirão (veículo usado pela polícia do Rio) faz na sua rua. Cabral então pergunta: "E o tráfico?". Leandro responde "na minha rua, não" e Cabral retruca, "não tem nego de metralhadora, não? Então deixa de ser otário, discurso de otário". Em trecho adiante o governador diz ao menino: "Bota essa inteligência toda para estudar, ô sacana!".

 

Segundo o Blog de Ricardo Gama, Cabral teria prometido um notebook ao rapaz, por isso Leandro vai a eventos nos quais está presente o governador, para cobrar o computador. Em outro vídeo postado, a ex-governadora do Rio, Benedita da Silva, confirma que estava presente quando Cabral prometeu o notebook ao menino.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.