Anvisa suspende venda de produtos sem registro

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou hoje a suspensão da venda e fabricação de todos os produtos da Univent Equipamentos Médicos e da Cardiotec Eletromedicina, ambas do Estado de São Paulo. As inspeções constataram que os produtos eram comercializados sem registro. A Anvisa também determinou a suspensão de equipamentos da DMS Brasil Informática, utilizados em tratamentos de pacientes cardíacos. Não tinham registro e foram suspensos: Central de Holter, Sistema de Análise de Arritmia Computadorizada, Holter de Pressão Arterial, Gravador de Holter Analógico e Digital, Loop Gravador de Eventos, Central de UTI Cardiológica e CardioScan.As empresas Comaho Comércio de Materiais Hospitalares e Paulistinha Comércio e Serviço tiveram a venda e a distribuição de todos os seus produtos suspensas por estarem comercializando-os sem obedecer critérios de reutilização estabelecidos pela vigilância sanitária, o que poderia acarretar riscos à saúde dos usuários.Além disso, o lote 02H0909/4 do soro Glicose 5%, fabricado pela empresa Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearense, deve ser retirado imediatamente do mercado. Análise laboratorial detectou a presença de partículas escuras em suspensão no líquido do produto.A Anvisa determinou que as indústrias deverão providenciar o recolhimento dos produtos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.