Anvisa interdita dois medicamentos

Os medicamentos Gluconato de Cálcio 10% e Rinosoro foram interditados em todo o Brasil nesta sexta-feira pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).Segundo nota da Agência, foram encontradas irregularidades no lote 3.344 da solução injetável Gluconato de Cálcio 10%, fabricada pela Ariston Indústria Química e Farmacêutica, de São Paulo.Laudos do laboratório Noel Nutels constataram que o medicamento tinha coloração diferente. O lote do produto foi recolhido no hospital maternidade Oswaldo Nazaré, no Rio de Janeiro, para análise de rotina.Também foi interditado o lote 642 do descongestionante nasal Rinosoro gotas, produzido pelo laboratório Americano de Farmacoterapia.O Instituto Adolfo Lutz constatou que o medicamento estava com acidez da acima do permitido e apresentava forte cheiro. A denúncia foi feita por uma farmácia em Amparo (SP) à vigilância sanitária local, que encaminhou o caso à Anvisa. As empresas têm dez dias para apresentar defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.