Anvisa baixa novas regras para farmácias

A partir do dia 19 começam a vigorar regras da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para as farmácias de manipulação e homeopáticas, que incluem o impedimento de participar de licitações públicas quando houver remédios industrializados equivalentes e a proibição para expor os produtos ao público.A nova legislação também obriga as farmácias a terem laboratórios para análise. O presidente da Associação Brasileira de Farmácias Homeopáticas, Avigdor Meroz, disse que a norma vai inviabilizar o funcionamento de grande parte dos 4,5 mil pequenos estabelecimentos do País.Meroz acusa o presidente da Anvisa, Gonzalo Vecina Neto, de defender os interesses de grandes laboratórios. "Não sei para que interesses essa Vigilância trabalha." Vecina foi informado das acusações por intermédio de sua assessoria, mas se recusou a rebater as críticas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.