Antônio Erminio fala para mais de 100 jovens em SP

Cerca de 100 jovens acordaram cedo neste sábado para ouvir o empresário Antônio Ermirio de Morais discorrer sobre temas como Alca, desemprego e o interesse dos EUA na guerra do Iraque. Os interlocutores do dono da Votorantim estavam à vontade de camiseta e calça jeans e nada lembravam os sisudos executivos com quem ele está acostumado a se reunir. São jovens, voluntários da organização não governamental Gente Nova, que chegou há três anos no Brasil com a missão de formar líderes por meio de valores universais.A ONG é formada por estudantes de ensino médio, universitários e jovens executivos. Antônio Ermirio de Morais Neto, de 17 anos, é um dos integrantes da entidade. A idéia de convidar o empresário faz parte de um projeto de aproximar lideranças importantes da ONG. " Nós precisamos ouvir pessoas que sabem mais que a gente para nos dar um norte sobre o papel necessário no Brasil", diz uma das coordenadoras do Gente Nova, Renata Rocha, que é formada em administração e atualmente é estudante de Direito.A ONG replica no País o modelo da Organização Gente Nueva criada no México há 20 anos inspirada nas palavras de Madre Teresa de Calcutá que pedia aos jovens para se preocupar com um mundo melhor. Bem humorado, Antônio Ermirio de Morais , de 74 abriu o encontro dizendo estar " na prorrogação de minha vida?.O empresário ouviu perguntas de peso como o papel da reforma tributária e quais seriam os benefícios para o Brasil com a ALCA. Por outro lado, a platéia na faixa etária de 17 a 23 anos, ouviu de Antônio Ermirio conselhos como a necessidade de estudar continuamente para formar critérios de análise dos fatos reais do País. " Sou entusiasta do Brasil, vocês precisam estudar e acreditar no País" falou o empresário. Ele fez questão de ressaltar todas qualidades do País e alertou aos jovens para que não se contaminem com as más notícias que são divulgadas sobre o País. A ONG Gente Nova soma 25 mil voluntários no mundo. Em novembro eles devem realizar um congresso internacional no Brasil em que devem reunir diversas lideranças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.