Antônio Denarium (PSL) é empossado governador em Roraima

Antônio Denarium (PSL) é empossado governador em Roraima

Em seu discurso novo chefe do Executivo agradeceu à Deus e ao apoio da família

Paola Carvalho, especial para O Estado

01 de janeiro de 2019 | 22h06

BOA VISTA - A cerimônia de posse do governador de Roraima, Antônio Denarium (PSL) foi iniciada na tarde desta terça-feira, 01, em cerimônia fechada na Assembleia Legislativa de Roraime. O ato contou com a presença de autoridades, deputados federais e estaduais eleitos e órgãos da imprensa.

A solenidade também foi transmitida ao vivo por um telão instalado em frente ao Palácio do Governo, onde centenas de pessoas e ambulantes aguardavam pelo ato de transmissão de cargo. Muitos dos presentes estavam com camisetas do presidente Jair Bolsonaro (PSL), do mesmo partido de Denarium, o que auxiliou na eleição do governador.

No discurso de posse, o governador eleito agradeceu primeiro à Deus e o apoio da família. Na fala, o chefe do poder executivo ressaltou a vinda ao Estado para atuar como empresário no ramo da agropecuária e do setor de alimentos e a vontade de transformar o modo econômico da região, ainda grande dependente da folha de pagamento.

“O dinheiro público foi utilizado de forma incorreta pelas gestões anteriores. São mais de R$ 6 bilhões de dívidas e foi graças à intervenção federal que podemos saber a real situação do Governo do Estado”, explicou Denarium.

Dentro da casa legislativa, o governador reforçou a ideia de equilíbrio das contas e fez questão em detalhar os valores repassados aos poderes, acima do que o que foi arrecadado pela receita federal. Para Denarium, o repasse auxiliou na situação de caos econômico vivido no Estado. “Não é choradeira. É uma forma de mostrar a real situação do Estado. Precisamos de um pacto para sairmos dessa situação. Precisamos pensar primeiro em Roraima e não nos nossos interesses individuais”, completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.