Antes nas mãos do PMDB, Embratur tem novo presidente

Marcos Antonio Moura Sales é o nome escolhido por Dilma; presidente também nomeou novo comandante da Anac

Luci Ribeiro, O Estado de S. Paulo

13 de abril de 2016 | 08h40

BRASÍLIA - A presidente Dilma Rousseff nomeou Marcos Antonio Moura Sales para exercer o cargo de presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur). A nomeação de Sales está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 13. Ele assume a função no lugar de Vinicius Lummertz, que era indicado do PMDB e saiu da Embratur no início do mês depois que o partido decidiu romper com o governo. Ele é catarinense e o diretório do PMDB no Estado foi um dos primeiros a desembarcar da gestão petista.

Ainda na Embratur, foi nomeado Leonardo Cabral Dias para exercer o cargo de diretor de Gestão Interna do órgão. Dias substituirá Tufi Michreff Neto, cuja exoneração também está publicada no Diário Oficial.

O Ministério do Turismo, pasta à qual a Embratur é vinculada, foi o primeiro sob o comando do PMDB a ser devolvido ao Palácio do Planalto. Henrique Eduardo Alves, que é do PMDB do Rio Grande do Norte, foi exonerado do cargo de ministro, a pedido, no dia 29 de março, mesmo dia em que o Diretório Nacional do PMDB oficializou seu rompimento com o governo da presidente Dilma. 

Anac. A presidente Dilma Rousseff também nomeou José Ricardo Pataro Botelho de Queiroz para exercer o cargo de diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A nomeação de Queiroz está publicada no Diário Oficial da União . O mandato dele terá vigência até 19 de março de 2020. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.