ANJ protesta contra agressão a jornalistas

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou na noite desta sexta-feira uma nota de protesto contra a agressão a jornalistas por parte de segurança pessoal do governador de Alagoas, Ronaldo Lessa. A nota, assinada por Demócrito Rocha Dummar, presidente em exercício da ANJ, e Mário Gusmão, vice-presidente do Comitê de Liberdade de Expressão, acusa o governador de impedir o exercício da liberdade de imprensa. Eis a íntegra da nota: "A Associação Nacional de Jornais vem apresentar protesto em relação à atitude do Governador do Estado de Alagoas, Ronaldo Lessa, que impediu de forma ostensiva o exercício da liberdade de imprensa quando seu segurança pessoal agrediu os jornalistas da TV Gazeta de Alagoas, que faziam a cobertura de um evento público na Escola Fazendária daquele Estado, onde se discutia a reforma previdenciária, com a presença do ministro da Previdência Social, Waldeck Ornelas. A atitute do governador fere a liberdade de expressão assegurada na Constituição Federal em seus artigos 5 e 220."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.