ANJ elogia; ABI e Fenaj lamentam decisão da Justiça

O diretor da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Paulo Tonet , elogiou a decisão do STF. Ele disse ao Jornal Nacional que não haverá alterações no mercado de trabalho: "A grande massa tem formação superior e continuará tendo." Já Valci Zuculoto, diretora da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), viu um retrocesso. Por nota, a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) também lamentou a decisão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.