ANJ acusa juiz de censurar reportagem

A Associação Nacional de Jornais (ANJ) divulgou nota ontem, assinada pelo vice-presidente, Júlio César Mesquita, condenando decisão do juiz Wagner Roby Gídaro por ter determinado à Folha Online que retire do ar reportagem sobre Luiz Marinho, candidato em São Bernardo. Em entrevista de 2005, um ex-gerente da Volkswagen faz denúncia contra Marinho quando era sindicalista. O candidato diz que a acusação foi desmentida na época pela própria Volks. Segundo a ANJ, caberia punir quem está fazendo uso difamatório da matéria e não censurá-la.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.