Aniversário de 27 anos do PT termina com festa

Depois de passarem o sábado na reunião do Diretório Nacional, dirigentes do PT não quiseram mais saber de política: à noite, foram comemorar o aniversário de 27 anos da legenda à beira-mar, no Clube Sideral. Animados pelo ritmo do Ilê Ayê, os petistas caíram na folia.A líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (SC), ensaiou passos de dança com o ministro da Defesa, Waldir Pires. O presidente da Petrobrás, José Sérgio Gabrielli, ganhou de uma baiana vestida a caráter a fitinha vermelha do PT, cópia da tradicional, do Senhor do Bonfim. Nela, a inscrição "27 anos. Vale a pena acreditar", com duas estrelas do PT nas extremidades."Nós não gostamos só de reunião", comentou o deputado Devanir Ribeiro (SP). "Adoramos festa". À vontade, de bermuda e camiseta, ele esqueceu a disputa interna e foi à praia para relaxar. Outros petistas, como o ex-deputado Flávio Koutzi (RS), aproveitaram a tarde ensolarada, no domingo, para passear por Salvador, que a cinco dias do carnaval já vive a expectativa da festa, com montagem de camarotes nas principais avenidas.O presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini (SP), entrou no clima de celebração no sábado. Aquariano, fez 47 anos no mesmo dia do aniversário do partido, com bolo e champanhe no intervalo da reunião.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.