Animais com suspeita de aftosa serão sacrificados no RS

A Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul informou que deverá sacrificar hoje 17 animais que apresentam sintomas compatíveis com febre aftosa em Rio Grande, na região sul do Estado. Os animais pertencem a quatro propriedades dentro da área considerada de risco na cidade e representam novas suspeitas da doença. Foram feitos exames de laboratório para confirmar o diagnóstico, mas os animais doentes serão eliminados como medida preventiva, já que estão na área de risco e apresentam sintomas. Com estes casos, a aftosa soma 29 focos no Estado. A primeira manifestação da doença foi descoberta em 5 de maio em Santana do Livramento, na fronteira com o Uruguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.