Aníbal diz que manterá candidatura ao governo do Estado

O vereador José Aníbal (PSDB-SP), que aparece na lista de possíveis nomes do PSDB para o governo de São Paulo, garantiu hoje que não irá retirar sua candidatura mesmo que o prefeito de São Paulo, José Serra, coloque seu nome à disposição do partido para a vaga. Mesmo diante da expectativa de que Serra poderá anunciar sua pré-candidatura amanhã, Aníbal disse que se manterá na disputa e apontou a possibilidade de levar a decisão à direção partidária.Aníbal reconheceu que Serra aparece com grande força nas pesquisas eleitorais, mas insistiu que os levantamentos representam apenas um "retrato do momento" e não significam que outros nomes do PSDB não sejam capazes de vencer a eleição. "Acho mesmo um erro grave a idéia de que a renúncia (de Serra) é condição para que o PSDB continue governando o Estado de São Paulo", disse Aníbal.O vereador disse já ter comunicado a direção partidária e o governador Geraldo Alckmin de sua intenção manter sua pré-candidatura. Questionado sobre quais critérios devem ser usados para a escolha caso o prefeito paulistano aceite disputar a vaga, Aníbal disse que estará satisfeito com o critério que for escolhido pela comissão executiva nacional ou pelo diretório do PSDB.De qualquer forma, Aníbal ressaltou que até o momento não tem qualquer motivo para retirar seu nome, até porque Serra ainda não manifestou qualquer intenção de concorrer ao governo na próxima eleição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.