Aníbal defende candidatura de Alckmin em São Paulo

O líder do PSDB na Câmara, deputado José Aníbal (SP) disse hoje que considera natural a candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin para a Prefeitura de São Paulo. Na avaliação dele, a intenção do prefeito Gilberto Kassab (DEM) de concorrer à reeleição na capital é legítima, mas a questão da coligação entre PSDB e DEM deve ser conduzida com cuidado. "Se for possível uma convergência antes do 1º turno, será bem apropriado, mas se não for possível, no 2º turno se fará", disse ele, ao participar do I Encontro Nacional de Vereadores do PSDB, realizado na capital paulista.Aníbal admitiu que, juntos, PSDB e DEM seriam mais fortes para enfrentar a provável candidata do PT à prefeitura de São Paulo, a ministra do Turismo, Marta Suplicy, mas citou que nem Alckmin nem Kassab devem ser obrigados a desistir da eleição para manter a aliança histórica dos partidos. "Temos uma resolução de agosto do ano passado que determina que devemos ter candidatos à prefeitura em todos os municípios, especialmente naqueles com mais de 100 mil habitantes" destacou.Aníbal citou que o PSDB tem uma presença bastante expressiva na capital paulista e uma figura política forte, com empatia e apreço dos eleitores, além de uma posição de destaque nas pesquisas eleitorais. "De um lado, o partido querendo. Do outro lado, temos uma figura tão expressiva como Geraldo Alckmin. É muito difícil não virmos a ter um candidato a prefeito na capital", reiterou.O deputado ressaltou que sua eleição para a liderança do partido na Câmara não terá qualquer tipo de desdobramento na escolha do candidato do PSDB nessas eleições. Ele disse ser uma questão de tempo a definição sobre o assunto. "Mas a correlação de forças está muito clara. Forças políticas substantivas da cidade querem sustentar e contribuir para a candidatura de Geraldo Alckmin", opinou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.