Angelina Jolie doa US$ 100 mil para refugiados

A atriz americana Angelina Jolie doou ontem à Alta Comissária das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) US$ 100 mil para ajudar os refugiados do Saara Ocidental. Angelina, de 27 anos, ganhadora de um Oscar de melhor atriz coadjuvante, explicou que, com esse gesto, espera melhorar as condições de vida da população refugiada. "Senti-me angustiada quando soube da situação. Espero animar outras pessoas e chamar atenção para a crise pela qual passam os refugiados do Saara", disse a atriz.Segundo um porta-voz das Nações Unidas, "Jolie é a primeira doadora a responder ao chamado conjunto lançado em agosto pela Acnur e o Programa Mundial de Alimentos, dois organismos da ONU em favor dos refugiados saarianos". A atriz, nomeada embaixadora da boa vontade da Acnur, já doou, no ano passado, US$ 1 milhão para programas de ajuda de refugiados em todo o mundo. Antes de obter o título, ela já tinha visitado refugiados em Serra Leoa, Tanzânia, Camboja e Paquistão.Segundo um comunicado da Acnur, cerca de 155 mil refugiados do Saara Ocidental, dependentes quase totalmente da ajuda humanitária para sobreviver, passam por uma drástica redução de alimentos. "Os refugiados que vivem em uma região desértica da Argélia, "carecem de ajuda alimentar e de financiamentos para amenizar as graves conseqüências para a saúde e o bem-estar, particularmente os mais vulneráveis, como as crianças menores de cinco anos, as mulheres grávidas e as mães que amamentam", diz a nota. De acordo com o supervisor da Acnur para o Norte da África, Radhouane Nouicer, "35% das crianças sofrem de desnutrição crônica e outros 13% de desnutrição aguda".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.