Ângela Guadagnin pedirá vista do relatório sobre Gomes

O relator do processo de cassação do deputado Josias Gomes (PT-BA), deputado Mendes Thame (PSDB -SP), começou a ler, está lendo seu relatório em que recomenda a cassação do mandato de Gomes, acusado de ter retirado R$ 100 mil da conta da SMPB, de propriedade do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza na agência do Banco Rural em Brasília.Ao sacar o dinheiro, Gomes deixou como documento uma xerox de sua carteira parlamentar. Em sua defesa, ele alega que o dinheiro foi utilizado em gastos de campanha pelo diretório do seu partido na Bahia.Seguindo seu comportamento habitual no Conselho de Ética, a deputada Ângela Guadagnin (PT-SP) deverá pedir vista do processo. Antes de ela chegar ao colegiado, sua suplente, deputada Neide Aparecida (PT-GO), já havia anunciado que, na ausência da titular, ela pediria vista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.