André nega ser ''laranja'' do pai

No último ano do curso de Direito, André Scarassati diz que transferiu sua parte na construtora e na ONG Itecs para o sócio Renato André de Paula. Negou que seja "laranja" do pai nos negócios da Construssati. "É injusto", afirmou. Sobre os contratos conquistados no setor público, diz que teve "a felicidade de conhecer pessoas boas e que fazem parte" de sua equipe técnica.Sobre o Senado ser o principal cliente, diz ser por causa das "facilidades" dos editais. "O Senado é o único órgão que nos editais pede o atestado do profissional. Os outros pedem o atestado da empresa, e uma empresa nova não tem atestado de obras executadas. A gente focou no Senado por conta dessa exceção nos editais.""Não devo nada ao Agaciel Maia (diretor do Senado). Ele é um excelente amigo, mas jamais eu pediria alguma coisa a ele'', disse Alcino Scarassati. A ligação com Renan Calheiros ele diz que vem do período em que teve cargo na primeira-secretaria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.