Fabio Motta|Estadão
Fabio Motta|Estadão

André Esteves deixa presídio de Bangu 8 e ficará em prisão domiciliar

Ex-banqueiro estava preso desde 25 de novembro, acusado por suposta tentativa de obstruir a Operação Lava Jato

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2015 | 19h57

RIO - O ex-banqueiro André Esteves deixou às 19h30 desta sexta-feira, 18, o Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste do Rio. Ele estava preso na penitenciária Bangu 8 desde o último dia 25. Esteves teve a prisão revogada na quinta-feira pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Acusado por suposta tentativa de obstruir a Operação Lava Jato, Esteves saiu da cadeia, mas estará submetido a medidas restritivas impostas pelo ministro, como pedir autorização judicial para sair de casa e não conversar com outros envolvidos no caso.

O ex-banqueiro deixou o complexo dentro de um carro da Polícia Federal (PF). Estava acompanhado por três agentes. O carro segue para a sede da Superintendência da PF no Rio, na região portuária. Esteves, antes de ser solto, precisará assinar documentos.

O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que seu cliente deverá seguir ainda hoje para São Paulo, onde tem residência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.