Análise: Pesquisa mostra poucas opções de discurso para tucano

Entre os temas pesquisados, apenas 'segurança' e 'impostos' revelam potencial para serem explorados em uma campanha oposicionista

José Roberto de Toledo*

07 de junho de 2010 | 00h33

A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo mostra a dificuldade de José Serra (PSDB) fixar um discurso de campanha eficiente. Entre os temas pesquisados, apenas "segurança" e "impostos" revelam potencial para serem explorados em uma campanha oposicionista.

 

São os únicos temas nos quais mais eleitores acham que as coisas pioraram do que melhoraram nos últimos dois anos. Serra ganha de Dilma Rousseff (PT) entre o eleitorado mais crítico. Ele pode tentar ampliar sua vantagem nesse segmento, mas o teto de crescimento é baixo.

 

Surpreendentemente, "saúde", que poderia ser um diferencial do tucano por ele ser reconhecido como ministro da área, mostra um equilíbrio entre os eleitores que veem melhoras e pioras, o que dificulta a abordagem.

 

Os temas econômicos, apesar de serem especialidades de Serra, como "emprego" e "consumo", são francamente favoráveis à pré-candidata governista. Será difícil o tucano encontrar um "gancho" que lhe renda votos nessas áreas.

 

É JORNALISTA ESPECIALIZADO EM REPORTAGENS COM O USO DE ESTATÍSTICAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.