Ana Arraes, mãe de Campos, passa mal ao saber de notícia

A ministra partiu para Recife com o colega do Tribunal de Contas da União, o ministro José Múcio

Beatriz Bulla, O Estado de S. Paulo

13 de agosto de 2014 | 14h38

Atualizada às 21h29

A mãe de Eduardo Campos, Ana Arraes, só soube do acidente que matou o filho no início da tarde. Pela manhã, ela participara, sorridente, da solenidade de posse do novo ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas. Por volta do meio-dia, subiu ao seu gabinete e foi informada de rumores sobre o acidente. 

Mesmo sem a confirmação da morte do filho, Ana passou mal ao receber a notícia e precisou ser acompanhada pelo presidente da Corte de Contas, Augusto Nardes, até o ambulatório do TCU. Foi Nardes quem deu à ministra a confirmação da morte do filho. Com pressão alta, Ana recebeu atendimento médico no local. 

Ana Arraes só deixou o ambulatório do tribunal por volta das 14h30, pela garagem, direto para um avião da FAB. A ministra partiu para Recife com o colega do TCU, ministro José Múcio. 

Antes de deixar o TCU, a mãe de Campos recebeu a visita do deputado Julio Delgado (PSB-MG). Muito próximo do candidato, Delgado saiu do atendimento médico com lágrimas nos olhos e contou que Ana pedira a ele que fosse a Santos verificar a situação. 

Mais conteúdo sobre:
Eduardo CamposEleiçõesMorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.