Amorim receberá prêmio por Lula em Davos

A Presidência da República confirmou nesta noite que o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, representará oficialmente o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Fórum Econômico Mundial, em Davos (Suíça), e receberá, em nome dele, o Prêmio de Estadista Global.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

28 de janeiro de 2010 | 19h33

A entrega do prêmio será feita pelo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, em cerimônia prevista para as 11h30 locais (8h30 em Brasília). Por causa de problemas de saúde, Lula não viajou a Davos.

É a primeira vez que será entregue esse prêmio, que marca os 40 anos do Fórum e foi criado para homenagear um líder político que tenha usado o mandato para melhorar a situação do mundo.

Estarão presentes à cerimônia de amanhã também o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

Tudo o que sabemos sobre:
LulaDavosprêmioCelso Amorim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.