Amorim inaugura embaixada em São Tomé e Príncipe

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, inaugurou hoje a embaixada do Brasil em São Tomé e Príncipe, a primeira criada no governo Luiz Inácio Lula da Silva. Foi também a primeira visita de um ministro brasileiro àquele país de língua portuguesa, um arquipélago encravado no Golfo da Guiné. Segundo informou o Itamaraty, Amorim esteve com o presidente, Fradique de Menezes, e com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mateus Meira Rita.Entre os assuntos tratados pelo ministro estava o envio, em junho, de uma missão de técnicos da Agência Nacional de Petróleo (ANP), para prestar assessoria na construção de um sistema de controle do recebimento de royalties sobre a exploração de petróleo. A cooperação do Brasil com aquele país, porém, poderá se estender a outras áreas, como a ajuda na formatação de um programa de assistência social nos moldes do Bolsa-Escola e ainda na área de agricultura, principalmente na cultura de cacau e dendê.Amorim está em viagem à África, como parte da estratégia brasileira de estreitar laços com países daquela região, e também preparando a viagem do presidente Lula ao continente no segundo semestre. Ontem, o ministro esteve no Zimbábue, onde se reuniu com o presidente, Robert Mugabi, e com o chanceler, Isaac Mudenge. Amanhã, o ministro vai a Angola. O roteiro inclui ainda África do Sul e Namíbia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.