Amir Lando adere à CPI da Corrupção

O senador Amir Lando (PMDB-RO) disse, nesta sexta-feira, nacapital de Rondônia que deve assinar o requerimento para instalaçãode uma CPI da Corrupção no Congresso e, só não o fez antes porqueaguardava uma posição da liderança de seu partido, já expressa pelopresidente do Senado Jáder Barbalho (PMDB-PA), que assinou orequerimento.Amir Lando faz uma advertência sobre o requerimento: restringir o espectroda ação da CPI, investigando as denúncias mais recentes e, em algunscasos, como o do setor das telecomunicações, por exemplo, com CPIespecífica. "Não se pode falar de água, óleo e carvão ao mesmo tempo,e a verdade tem que ser o limite", disse.Amir Lando retorna na segunda-feira a Brasília e deve fazer contato neste sábado ou domingo com Jader Barbalho e o líderdo PMDB no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para fazer algumasobservações sobre a CPI."A primeira delas é evitar que se transforme emfarsa. Eu saí de uma, da subcomissão da CPI do Judiciário, exatamentepor esse motivo", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.