América Latina terá semana de vacinação contra sarampo

Entre 2 e 8 de junho, países da América Latina, incluindo o Brasil, vão fazer uma semana de vacinação. A estratégia, promovida pela Organização Pan-americana de Saúde (Opas), pretende acelerar a erradicação do sarampo e controlar doenças que possam ser prevenidas com imunização nas Américas.No Brasil, a campanha deverá ser feita entre os dias 2 e 6 de junho nos municípios que fazem fronteira com outros países. Além da aplicação de vacina contra sarampo, a idéia é atualizar a imunização de crianças contra febre amarela, poliomelite, hepatite B e caxumba e vacinar mulheres contra tétano, sarampo e rubéola.A Jornada Sul-americana de Vacinação terá a adesão de todos os países da América do Sul, além de México, Guatemala, Honduras, Costa Rica e Bahamas, pertencentes à América Central. Segundo a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o Brasil está próximo de erradicar o sarampo. O último surto foi registrado em 2000. No ano passado, um caso da doença, importado do Japão, foi registrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.