Ambientalistas elogiam projeto sobre biossegurança

A nova Lei de Biossegurança apresentada hoje pelo governo foi considerada como positiva por segmentos ambientalistas, segundo a Agência Brasil. Para a coordenadora da Campanha de Engenharia Genética do Greenpeace, Mariana Paoli, o projeto de lei que será enviado pelo governo ao Congresso fortalece o Ministério do Meio Ambiente. De acordo com Paoli, há muito tempo as organizações não governamentais vêm apresentando propostas para a ampliação do número de membros da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) e o projeto divulgado hoje pelo Palácio do Planalto aumenta o número dos membros da Comissão de 18 para 26. Outro aspecto comemorado pela coordenadora do Greenpeace se refere à competência dada a alguns ministérios para a liberação dos transgênicos. De acordo com o projeto de lei, os pedidos para a liberação dos transgênicos terão que ser analisados pelos Ministérios da Agricultura, do Meio Ambiente e da Saúde. Para Mariana Paoli, é positiva a iniciativa de preservar a avaliação multidisciplinar sobre biossegurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.