Amazonino obtém liminar no TRE

A diplomação do prefeito eleito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), e seu vice, Carlos Souza (PP), marcada para o dia 17, foi garantida anteontem com uma liminar a um mandado de segurança interposto pelo ex-governador no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas. No dia 27 de novembro, a juíza eleitoral Maria Eunice do Nascimento cassou os registros por crimes de captação ilícita de sufrágio, com a distribuição de vale-combustível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.