Alvo de denúncias, Novais deixa Ministério do Turismo

A presidente Dilma Rousseff aceitou nesta quarta-feira o pedido de demissão do ministro do Turismo, Pedro Novais, após denúncias de uso indevido de dinheiro público, informou a Vice-Presidência da República.

REUTERS

14 de setembro de 2011 | 18h43

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo publicada nesta quarta afirmou que o motorista da mulher do ministro era contratado pela Câmara. Na véspera o mesmo jornal já havia noticiado que Novais usou recursos públicos para pagar uma empregada pessoal.

Novais é o quinto ministro a deixar o governo da presidente Dilma Rousseff em pouco mais de três meses.

O nome do substituto de Novais deve ser anunciado ainda nesta quarta-feira, também segundo a assessoria da Vice-Presidência.

(Reportagem de Hugo Bachega e Jeferson Ribeiro)

Mais conteúdo sobre:
POLITICANOVAISCAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.