Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Alvo de críticas, projeto de criação de TRF-6 sai da pauta na Câmara

Discussão sobre novo tribunal é adiada para julho após pedido do relator Fábio Ramalho

Camila Turtelli, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2020 | 19h06

BRASÍLIA – O projeto de criação do Tribunal Regional Federal da 6ª Região foi retirado da pauta da Câmara e a discussão foi adiada para julho, após pedido do relator, deputado Fábio Ramalho (MDB-MG).

A retirada da pauta aconteceu após pressão de deputados e até do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF) que criticaram o momento para se votar o projeto, em plena pandemia da covid-19.

O projeto tem o apelo da bancada mineira e a demanda do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, autor do projeto.

Ramalho pediu mais tempo para debater o projeto com os colegas. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), elogiou a decisão de Ramalho. “Correta a decisão, hoje muitos, mesmo a favor do mérito, teriam dificuldade em votar o projeto”, disse Maia.

“Em julho, voltamos a pautar a matéria e vamos trabalhar para que o sonho da bancada mineira seja aprovado nas duas Casas”, afirmou.  Mais cedo, Maia disse que também achava que esse não era o momento para se votar o projeto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.