Álvaro Lins consegue adiar depoimento

O deputado estadual Álvaro Fins (PMDB), que prestaria depoimento na sexta-feira ao Conselho de Ética da Assembléia do Rio, pediu o adiamento da sessão alegando que o conselho não poderia se reunir durante o recesso. A sessão foi adiada para quarta-feira. Lins enfrenta processo de cassação e é acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha armada. Ele nega as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.