Aluno pode fazer inscrição para o Enem na própria escola

Os alunos de ensino médio que quiserem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão se inscrever na própria escola onde estudam. A novidade, adotada este ano pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), visa facilitar a vida dos estudantes. O prazo começou hoje e vai até 19 de abril, quando termina a primeira fase do prazo de inscrições. Segundo o Inep, as 21.800 escolas públicas e particulares que oferecem ensino médio no Brasil já estão preparadas para atender os interessados.A segunda fase de inscrições (entre 2 e 10 de maio) será reservada aos estudantes que já concluíram o ensino médio e querem fazer o Enem. Esses jovens devem comparecer a uma agência dos Correios ou se inscrever via Internet (www.inep.gov.br/inscricao). Além de avaliar o que aprenderam, o Enem conta pontos para ingressar na faculdade. Até ontem, 312 instituições de ensino superior do País aceitavam o Enem como parte da nota do vestibular. A lista inclui instituições de prestígio, como a USP, Unicamp e Unesp, além de diversas federais.Como já ocorreu nos anos anteriores, os estudantes que vão concluir o ensino médio em 2002, os egressos de cursos supletivos e os alunos carentes matriculados em escolas particulares estão isentos da taxa de inscrição de R$ 32,00. A isenção é automática para os alunos da rede pública. Já os da rede particular terão de apresentar uma declaração de carência. O Enem vai ser realizado no dia 25 de agosto e será composto por 63 questões de múltipla escolha e uma redação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.