Aloysio Nunes: PSDB não pode importar crise do DEM

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) negou hoje que seu partido esteja enfrentando uma crise interna e disse que a legenda não pode "importar" um problema que pertence ao DEM. "Não vamos importar para dentro do PSDB uma crise que é do DEM. Não tem por quê", disse o senador, na convenção estadual do partido, que ocorre hoje na Assembleia Legislativa de São Paulo.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

07 de maio de 2011 | 13h21

O senador se disse favorável a uma estratégia única na oposição, onde os melhores colocados nas pesquisas para intenção de voto nos municípios, sejam alçados a candidatos naturais. Quanto à possibilidade de fusão do PSDB com o Democratas, Aloysio disse ser favorável a uma aproximação com o tradicional aliado. "Sou a favor de uma aproximação cada vez maior, temos de ter uma estratégia de enfrentamento do governo do PT." Ele acredita que a possibilidade de fusão deve passar primeiro por um processo de ampla discussão entre os correligionários das duas legendas. "Se houver fusão, será um processo."

Aloysio foi questionado também sobre uma possível aliança com o PSDB do prefeito Gilberto Kassab e disse acreditar numa negociação com a nova legenda. "Não considero o PSD nosso adversário, ele está fundamentalmente no nosso campo.

Tudo o que sabemos sobre:
PSDBSPconvençãoAloysio NunesDEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.