Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão

Aloysio Nunes nega que PSDB esteja avaliando apoio a Marina

Coordenador-geral da campanha de Aécio havia sugerido apoio à ex-Senadora no segundo turno

BERNARDO CARAM, Estadão Conteúdo

02 de setembro de 2014 | 13h45

Vice de Aécio Neves na chapa do PSDB à Presidência, o senador Aloysio Nunes negou nesta terça-feira, 2, que o partido avalie apoiar Marina Silva nas eleições. Na tarde desta terça, o coordenador-geral da campanha presidencial do tucano, José Agripino Maia, disse ao Broadcast Político, serviço da Agência Estado de notícias em tempo real, que, se não for possível a ida de Aécio ao segundo turno, haveria a opção de apoiar a ex-ministra.

"Nós vamos para o segundo turno, nós temos mais de um mês até a eleição. Eu já assisti a muitas reviravoltas nas campanhas eleitorais", disse, ao ressaltar que as alternativas colocadas contra Dilma são Aécio e Marina. "O partido está totalmente empenhado em ir para o segundo turno com Aécio Neves", destacou. Para Nunes, nem o próprio José Agripino tem essa visão de apoio à candidata do PSB e "já esclareceu a sua posição". "O Aécio é a opção mais segura, com propostas, estrutura política", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesMarina SilvaAloysio Nunes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.