Aloysio dá parecer contrário ao mínimo de US$ 100

O relator da medida provisória que reajusta o salário mínimo, deputado Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), deu parecer contrário, ainda na fase de discussão da matéria na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), à emenda apresentada pela oposição que propõe a elevação do salário mínimo para um valor equivalente a US$ 100 (cerca de R$ 250,00). Em seguida, o deputado Inaldo Leitão (PSDB-PB) pediu vista da matéria, que deverá voltar a ser examinada na próxima reunião da CCJ, marcada para terça-feira que vem. O presidente da Câmara, Aécio Neves (PSDB-MG), disse que não cabe recurso da decisão de Aloysio Nunes nesta fase de debate da matéria, referendando, assim, a decisão do relator. O valor do salário mínimo previsto na MP é o de R$ 200,00, que já está em vigor desde abril. A MP ainda precisa ser votada pelo Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.