Aloysio anuncia repasses a prefeitos

É a segunda vez em menos de um mês que secretário, um dos cotados para suceder Serra, libera verbas

Silvia Amorim, O Estadao de S.Paulo

15 de julho de 2009 | 00h00

Pela segunda vez em menos de um mês, o secretário da Casa Civil do governo José Serra (PSDB), Aloysio Nunes Ferreira Filho, comandou um anúncio de liberação de recursos para prefeituras paulistas. Ontem, em um evento que reuniu mais de 40 prefeitos na sede do governo estadual, Aloysio oficializou o repasse de R$ 9,2 milhões a 48 municípios. No mês passado, em encontro com outros 90 prefeitos, ele havia autorizado convênios de R$ 21 milhões.O tucano é um dos nomes do PSDB para a sucessão de Serra no governo paulista em 2010. Ele disputa com o ex-governador e atual secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, a vaga de candidato do partido. Ambos sabem, entretanto, que a decisão final será do governador. Aloysio tem a seu favor a simpatia do DEM, principal aliado do PSDB no governo. Alckmin aposta no seu alto índice de popularidade nas pesquisas para disputar a eleição.Nesses eventos públicos, Aloysio mantém sempre o discurso em tom administrativo. Mas a sua passagem, aos poucos, para a linha de frente em alguns eventos tem chamado a atenção, já que, muito discreto, sempre foi conhecido pela atuação nos bastidores da articulação política do governo. Alckmin também tem aproveitado os compromissos da administração para marcar presença no interior do Estado.Os recursos anunciados ontem serão destinados a obras e compra de máquinas. Desde o início da gestão, Serra liberou R$ 862,8 milhões em convênios para 594 municípios paulistas. Ontem, em outro evento, ao anunciar um curso para formar mais de 100 mil técnicos em enfermagem, Serra lamentou a falta de continuidade desse tipo de programa, criado por ele quando ministro da Saúde, na esfera federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.