Almir promete "esmagar" Jader em eleição

O governador do Pará, Almir Gabriel (PSDB), afirmou que seu candidato vai "esmagar" os adversários em 2002 na sucessão estadual. "A vitória mais uma vez será nossa, porque o povo paraense tem vergonha na cara", disse Gabriel, numa alusão a seu adversário, o senador Jader Barbalho (PMDB), que ontem em Santarém declarou estar "liderando com folga" as pesquisas eleitorais no Estado. Segundo Gabriel, a coligação de oito partidos que o reelegeu em 98 vencerá no ano que vem em 110 dos 143 municípios". Ontem, o governador abonou as fichas de 25 vereadores, prefeitos e ex-prefeitos ligados do PMDB e a partidos que apóiam Jader. Foi uma resposta ao desmonte que o senador promoveu no PFL estadual. Ao fazer um balanço de seu governo, Gabriel foi sutil e irônico ao falar sobre segurança pública. "Quando assumi o governo em 95 o Estado tinha 712 vagas nas prisões, mas hoje esse número passa de 3 mil. A gente nem se dá conta de que lugar de bandido é na cadeia, embora infelizmente saibamos que nem todos estão presos".O senador Luiz Otávio Campos (sem partido) aproveitou o discurso do governador para mandar um recado direto a Jader: "já matamos uma vez e vamos matar de novo o dragão do outro lado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.