Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Aliados reiteram defesa de integralidade e paridade

A base aliada do governo na Câmara reiterou hoje ao ministro da Casa Civil, José Dirceu, a defesa da aposentadoria integral para os servidores públicos e a paridade entre os salários dos servidores ativos e as aposentadorias. Segundo om líder do PT na Câmara, Nelson Pellegrino (PT-BA), Dirceu reafirmou que o governo ainda não decidiu sobre o assunto - o ministro da Fazenda, Antonio Palocci, "tem colocado posição contrária à paridade e à integralidade", afirmou. Pellegrino informou que Dirceu conversará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá chegar na madrugada de amanhã ao Brasil para definir a posição do governo sobre o assunto.O líder disse que a coordenação política do governo se reunirá amanhã com o presidente Lula antes da apresentação do relatório sobre a reforma da Previdência pelo deputado José Pimentel (PT-CE). Devem participar dessa reunião os ministros Antonio Palocci (Fazenda), Ricardo Berzoini (Previdência) e José Dirceu (Casa Civil).

Agencia Estado,

16 de julho de 2003 | 10h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.