Aliados decidem apoiar Delgado para vaga no TCU

Os partidos da base aliada decidiram apoiar o deputado Paulo Delgado (PT-MG) para concorrer à vaga de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Com isso, outros quatro candidatos indicados por essas legendas sairão da disputa.A escolha de Delgado foi resultado de uma prévia entre os deputados e de uma reunião entre os candidatos e os líderes partidários, com o objetivo de definir um único candidato aliado e evitar que os partidos saiam divididos para o plenário, contribuindo para uma eventual vitória da oposição."Os próprios candidatos foram ouvidos e entenderam que neste momento o melhor nome para disputar pela base é o de Paulo Delgado", afirmou o líder do PMDB, Wilson Santiago (PB).O candidato do partido era o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR). Além dele, abriram mão da disputa o deputado Luiz Antonio Fleury Filho (PTB-SP) e o ex-deputado José Antonio Almeida (PSB-MA). O PSC também vai retirar a indicação que havia feito do secretário-geral da mesa, Mozart Viana de Paiva.Nenhum líder que participou da apuração quis revelar o número de votos que cada um dos candidatos obteve. Votaram 215 de um total de 337 deputados que integram a base governista. Além de Delgado, concorrem à vaga do TCU, pela oposição, os deputados Aroldo Cedraz (PFL-BA), Gonzaga Mota (PSDB-CE) e Ademir Camilo (PDT-MG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.