Aliado de Renan quer ouvir Abril

Presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, o senador Wellington Salgado (PMDB-MG) vai requerer, terça-feira, a convocação de representantes do Grupo Abril, da espanhola Telefônica e de integrantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para esclarecer denúncias de supostas irregularidades na venda da TVA, feitas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros.O ataque ao negócio entre a Abril e a Telefônica tem sido feito sistematicamente por Renan, desde que a revista Veja iniciou a publicação de denúncias contra ele. Na quinta-feira, acusou a Abril de usá-lo para criar "cortina de fumaça" na venda da TV a cabo a uma empresa estrangeira, o que é "ilegal, escuso e pantanoso".Salgado, aliado de Renan, afirmou que não tinha como evitar as convocações, após o presidente do Senado discursar da tribuna. Renan disse que a Abril estaria repassando 100% do controle da TVA para a Telefônica, além de transferir 86,7% da Comercial Cabo e 91,5% da TVA Sul para o grupo espanhol. A legislação impede o repasse total do controle de empresas de comunicação a estrangeiros. A transação da Abril é orçada em R$ 922 milhões.A Abril disse em nota que as acusações de Renan são fruto do desespero e que a transação entre a TVA e a Telefônica está dentro da lei, com a aprovação da Anatel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.