Aliado de Imbassahy perde eleição na juventude do PSDB

Candidato ligado a Ricardo Tripoli, líder tucano na Câmara, saiu vitorioso em disputa que entrou pela madrugada

Pedro Venceslau, enviado especial a Brasília, O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2017 | 10h40

Após uma disputa que entrou pela madrugada, a eleição da juventude do PSDB terminou com a derrota do grupo apoiado por Antônio Imbassahy, que ontem deixou a Secretaria de Governo da Presidência da República.  

O estudante paulista Marcos Saraiva, 23, foi eleito com 63 votos após seu adversário, André Morais, 27, que tentava a reeleição, desistir do pleito. Saraiva é ligado ao deputado federal Ricardo Tripoli, líder do PSDB na Câmara, e teve apoio do senador Tasso Jereissati  (CE). 

+++ Convenção do PSDB custou R$ 1,5 milhão aos cofres públicos

Já Morais foi colocado no cargo pelo senador Aécio Neves (MG) em julho, após uma intervenção do partido na J-PSDB. 

A eleição deveria ter ocorrido às 14 horas, mas foi adiada depois que a chapa de oposição acusou o diretor executivo do partido, João Almeida (BA), de não emitir as passagens aéreas de parte dos delegados eleitos pela base. 

O presidente interino do PSDB, Alberto Goldman, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, tiveram que intervir no processo para evitar que a disputa contaminasse a convenção nacional do partido, que acontece nesse sábado em Brasília. 

"Foi uma vitória do Geraldo Alckmin contra o time do Aécio", disse Lucas Sorrilo, presidente da juventude paulista do PSDB. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.