Marcos Correa/PR
Marcos Correa/PR

Centrão ajuda a sacramentar derrota de Bolsonaro na Câmara contra voto impresso

Grupo dividiu votos a favor e contra PEC; PSDB, que havia orientado bancada a rejeitar texto, também rachou

Vinícius Valfré e Lauriberto Pompeu, O Estado de S.Paulo

11 de agosto de 2021 | 07h34

BRASÍLIA - Aliado político de Jair Bolsonaro, o Centrão não aderiu por completo à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso na Câmara, rachou e ajudou a emplacar, na terça-feira, 10, a maior derrota política do presidente desde o início do mandato.

Seis partidos mais identificados como componentes desse grupo deram 69 votos a favor do texto, mas deixaram de dar outros 73 apoios à matéria. A conta leva em consideração os 46 votos contrários provenientes de deputados de Progressistas, PL, PTB, Republicanos, Avante e Pros. E, ainda, as 27 ausências, que significaram votos não concedidos. 

Os votos não entregues contribuíram para que os 308 necessários para aprovação da PEC não fossem alcançados. Apesar dos 229 votos favoráveis à proposta terem superado os 218 contrários, emendas constitucionais só são aprovadas quando o patamar de 60% do plenário é atingido. Portanto, os governistas precisavam de mais 79 votos. 

O comportamento do Progressistas foi emblemático na votação. O partido é controlado pelo novo ministro da Casa Civil, o senador licenciado Ciro Nogueira (PI), tem Ricardo Barros (PR), líder de Bolsonaro na Câmara, e Arthur Lira, apoiado pelo Palácio do Planalto para presidir a Câmara a partir de fevereiro.

O líder do Progressistas na Câmara, Cacá Leão (BA), liberou a bancada para votar como quisesse. Ao todo, 16 foram a favor da proposta, 13 contrários e outros 11 não votaram. Foi a bancada com mais integrantes que não se manifestaram.  

Entre os ausentes estão conhecidos aliados de Bolsonaro, como Aguinaldo Ribeiro (PB) e André Fufuca (MA). O representante do Maranhão assumiu o comando do Progressistas quando Nogueira foi nomeado para a Casa Civil. Com a pandemia, o Congresso funciona em um modelo híbrido. Aceita votações presenciais e pelo sistema remoto.

Lira trabalhou pessoalmente para que a proposta fosse sepultada. Ele dizia a pessoas próximas que era necessário tirar esse assunto de cena para que propostas importantes possam ser apreciadas. Líderes de partidos contaram, sob reserva, que receberam telefonemas dele pedindo votos contrários à matéria.

"A democracia do plenário desta Casa deu uma resposta a esse assunto e, na Câmara, espero que esse assunto esteja definitivamente enterrado", afirmou, ao fim da votação que marcou a derrota de Jair Bolsonaro.

A falta de unanimidade no Centrão também simboliza a ausência de empenho de uma parte da base de apoio para endossar pautas em que Bolsonaro trabalha com a militância radical. Acuado por denúncias e por queixas de incompetência na gestão da pandemia, o presidente se aliou a esse grupo para garantir governabilidade e sobrevida política. 

Ofereceu cargos e emendas a parlamentares do governo. Também reconfigurou o discurso adotado na pré-campanha eleitoral segundo o qual o "toma lá, dá cá" seria crime de responsabilidade. 

No PL, 23 deputados foram contrários à PEC, com mais sete ausências, e 11 a favor. No PTB, quatro não acompanharam o governo, com dois contra e dois sem votar. Outros seis foram favoráveis. No Republicanos, 26 votaram pela aprovação da PEC e três pela rejeição. O líder do partido na Câmara, Hugo Motta (PB), foi um dos três que não votaram.

No Avante, quatro disseram não ao voto impresso, dois não votaram e dois foram favoráveis. Na bancada do Pros, oito disseram sim à PEC. Somente Gastão Vieira (PROS-MA) votou contra, mas outros dois não registraram votos. No total, foram menos três apoios ao projeto sonhado por Bolsonaro.

Ninho tucano. O PSDB, que fechou questão contra a PEC, teve 14 votos favoráveis de um total de 32 da bancada. Doze tucanos foram contrários ao voto impresso. O deputado Aécio Neves (MG) se absteve.

O número de dissidentes contraria o presidente nacional do partido, Bruno Araújo, e o líder da legenda na Câmara, Rodrigo de Castro (MG), que se posicionaram diversas vezes contra a mudança na urna.

O fechamento de questão contra a PEC significa que o deputado tucano que decidir votar favoravelmente à proposta pode sofrer punição do partido.

A sigla pediu auditoria nas eleições de 2014, pleito que marcou a derrota do tucano Aécio Neves para a petista Dilma Rousseff.

Em nota, o ex-candidato a presidente afirmou que há uma interdição do debate causada pelo governo federal "por posições extremadas" e por "aqueles que tratam o nosso atual mecanismo de votação como se fosse uma cláusula pétrea da Constituição, sendo, portanto, intocável".

O mineiro espera retomar o debate sobre a mudança nas urnas depois da eleição de 2022.

O deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), que coordenou o pedido do partido de auditoria da eleição de 2014, orientou no plenário contra o texto.

"Não tenho a menor dúvida de que o sistema é seguro", disse. "Tudo o que o nosso partido colocou na auditoria de 2014, melhor dizendo, finalizada em 2015, constou de resolução do TSE (de 2019)."

Confira abaixo como cada deputado votou:

Deputados que votaram a favor do voto impresso

  • Abou Anni (PSL)
  • Alan Rick (DEM)
  • Alceu Moreira (MDB)
  • Alê Silva (PSL)
  • Alex Santana (PDT)
  • Alexis Fonteyne (Novo)
  • Aline Gurgel (Republicanos)
  • Aline Sleutjes (PSL)
  • Aluisio Mendes (PSC)
  • Amaro Neto (Republicanos)
  • André Ferreira (PSC)
  • Aroldo Martins (Republicanos)
  • Átila Lins (PP)
  • Benes Leocádio (Republicanos)
  • Bia Cavassa (PSDB)
  • Bia Kicis (PSL)
  • Bibo Nunes (PSL)
  • Boca Aberta (PROS)
  • Cacá Leão (PP)
  • Cap. Alberto Neto (Republicanos)
  • Capitão Augusto (PL)
  • Capitão Wagner (PROS)
  • Carla Dickson (PROS)
  • Carla Zambelli (PSL)
  • Carlos Chiodini (MDB)
  • Carlos Gaguim (DEM)
  • Carlos Gomes (Republicanos)
  • Carlos Jordy (PSL)
  • Carmen Zanotto (Cidadania)
  • Caroline de Toni (PSL)
  • Celina Leão (PP)
  • Célio Silveira (PSDB)
  • Celso Maldaner (MDB)
  • Celso Russomanno (Republicanos)
  • Cezinha Madureira (PSD)
  • Charlles Evangelis (PSL)
  • Chris Tonietto (PSL)
  • Christiane Yared (PL)
  • Clarissa Garotinho (PROS)
  • Claudio Cajado (PP)
  • Cleber Verde (Republicanos)
  • Coronel Armando (PSL)
  • Coronel Tadeu (PSL)
  • CoronelChrisóstom (PSL)
  • Da Vitória (Cidadania)
  • DaLua do Rota (PSC)
  • Daniel Freitas (PSL)
  • Daniel Trzeciak (PSDB)
  • Darci de Matos (PSD)
  • David Soares (DEM)
  • DelAntônioFurtado (PSL)
  • Deleg. Éder Mauro (PSD)
  • Delegado Marcelo (PSL)
  • Delegado Pablo (PSL)
  • Diego Andrade (PSD)
  • Diego Garcia (Podemos)
  • Dimas Fabiano (PP)
  • Domingos Sávio (PSDB)
  • Dr Zacharias Calil (DEM)
  • Dr. Frederico (Patriota)
  • Dr. Jaziel (PL)
  • Dr. Luiz Ovando (PSL)
  • Dra. Vanda Milani (Solidariedade)
  • Dra.Soraya Manato (PSL)
  • Edna Henrique (PSDB)
  • Eduardo Costa (PTB)
  • EduardoBolsonaro (PSL)
  • Eli Borges (Solidaried)
  • Emanuel Pinheiro N (PTB)
  • Emidinho Madeira (PSB)
  • Enrico Misasi (PV)
  • Eros Biondini (PROS)
  • EuclydesPettersen (PSC)
  • Evair de Melo (PP)
  • Expedito Netto (PSD)
  • Fabio Reis (MDB)
  • Fabio Schiochet (PSL)
  • Felício Laterça (PSL)
  • FelipeFrancischini (PSL)
  • Filipe Barros (PSL)
  • Francisco Jr. (PSD)
  • Franco Cartafina (PP)
  • Fred Costa (Patriota)
  • General Girão (PSL)
  • General Peternelli (PSL)
  • Geovania de Sá (PSDB)
  • Gilberto Abramo (Republicanos)
  • GilbertoNasciment (PSC)
  • Gilson Marques (Novo)
  • Giovani Cherini (PL)
  • Giovani Feltes (MDB)
  • Glaustin da Fokus (PSC)
  • Greyce Elias (Avante)
  • Guiga Peixoto (PSL)
  • Guilherme Derrite (PP)
  • Gurgel (PSL)
  • Gutemberg Reis (MDB)
  • Haroldo Cathedral (PSD)
  • Heitor Freire (PSL)
  • Heitor Schuch (PSB)
  • Hélio Costa (Republicanos)
  • Hélio Leite (DEM)
  • Helio Lopes (PSL)
  • Henrique Paraíso (Republicanos)
  • Hercílio Diniz (MDB)
  • Hugo Leal (PSD)
  • Igor Kannário (DEM)
  • Iracema Portella (PP)
  • Jaqueline Cassol (PP)
  • Jefferson Campos (PSB)
  • Jerônimo Goergen (PP)
  • Jéssica Sales (MDB)
  • Jesus Sérgio (PDT)
  • João Campos (Republicanos)
  • JoaquimPassarinho (PSD)
  • Jorge Braz (Republicanos)
  • Jose Mario Schrein (DEM)
  • José Medeiros (Podemos)
  • Josivaldo JP (Podemos)
  • Juarez Costa (MDB)
  • Julian Lemos (PSL)
  • Júlio Cesar (PSD)
  • Julio Cesar Ribeir (Republicanos)
  • Júlio Delgado (PSB)
  • Junio Amaral (PSL)
  • Júnior Ferrari (PSD)
  • Laercio Oliveira (PP)
  • Lafayette Andrada (Republicanos)
  • Lauriete (PSC)
  • Leandre (PV)
  • Léo Moraes (Podemos)
  • Léo Motta (PSL)
  • Leur Lomanto Jr. (DEM)
  • Lincoln Portela (PL)
  • Liziane Bayer (PSB)
  • Loester Trutis (PSL)
  • Lourival Gomes (PSL)
  • Lucas Gonzalez (Novo)
  • Lucas Redecker (PSDB)
  • Luciano Ducci (PSB)
  • Lucio Mosquini (MDB)
  • Luiz Lima (PSL)
  • Luiz Nishimori (PL)
  • Luiz P. O.Bragança (PSL)
  • Magda Mofatto (PL)
  • Major Fabiana (PSL)
  • Mara Rocha (PSDB)
  • Marcel van Hattem (Novo)
  • Marcelo Brum (PSL)
  • Marcelo Moraes (PTB)
  • Márcio Biolchi (MDB)
  • Márcio Labre (PSL)
  • Márcio Marinho (Republicanos)
  • Marcos Pereira (Republicanos)
  • Marcos Soares (DEM)
  • Maria Rosas (Republicanos)
  • Mariana Carvalho (PSDB)
  • Marina Santos (Solidariedade)
  • Marlon Santos (PDT)
  • Marx Beltrão (PSD)
  • Maurício Dziedrick (PTB)
  • Mauro Nazif (PSB)
  • Miguel Lombardi (PL)
  • Misael Varella (PSD)
  • Moses Rodrigues (MDB)
  • Nelson Barbudo (PSL)
  • Neri Geller (PP)
  • Neucimar Fraga (PSD)
  • Nicoletti (PSL)
  • Nivaldo Albuquerq (PTB)
  • Norma Ayub (DEM)
  • Olival Marques (DEM)
  • Osires Damaso (PSC)
  • Osmar Terra (MDB)
  • Ossesio Silva (Republicanos)
  • Otoni de Paula (PSC)
  • Ottaci Nascimento (Solidariedade)
  • Pastor Eurico (Patriota)
  • Pastor Gil (PL)
  • Paula Belmonte (Cidadania)
  • Paulo Bengtson (PTB)
  • Paulo Ganime (Novo)
  • Paulo Martins (PSC)
  • Paulo V. Caleffi (PSD)
  • Pedro Lupion (DEM)
  • Pedro Vilela (PSDB)
  • Policial Sastre (PL)
  • Pompeo de Mattos (PDT)
  • Pr Marco Feliciano (Republicanos)
  • Professor Alcides (PP)
  • Professor Joziel (PSL)
  • Renata Abreu (Podemos)
  • Ricardo Barros (PP)
  • Ricardo Guidi (PSD)
  • Ricardo Izar (PP)
  • Ricardo Silva (PSB)
  • Ricardo Teobaldo (Podemos)
  • Ricardo da Karol (PSC)
  • Roberto Alves (Republicanos)
  • Rodrigo Coelho (PSB)
  • Rogério Peninha (MDB)
  • Roman (Patriota)
  • Rosana Valle (PSB)
  • Rosangela Gomes (Republicanos)
  • Rose Modesto (PSDB)
  • Rossoni (PSDB)
  • Ruy Carneiro (PSDB)
  • Sanderson (PSL)
  • Sargento Fahur (PSD)
  • Sergio Souza (MDB)
  • Severino Pessoa (Republican)
  • Shéridan (PSDB)
  • Silas Câmara (Republicanos)
  • Silvia Cristina (PDT)
  • SóstenesCavalcante (DEM)
  • Stefano Aguiar (PSD)
  • Stephanes Junior (PSD)
  • SubtenenteGonzaga (PDT)
  • Ted Conti (PSB)
  • Tia Eron (Republicanos)
  • Tiago Dimas (Solidariedade)
  • Tito (Avante)
  • ToninhoWandscheer (PROS)
  • Uldurico Junior (PROS)
  • Vavá Martins (Republicanos)
  • Vermelho (PSD)
  • Vitor Hugo (PSL)
  • Weliton Prado (PROS)
  • Zé Vitor (PL)

Abstenção

  • Aécio Neves (PSDB)

Deputados que votaram contra o voto impresso

  • Adriana Ventura (Novo)
  • Aelton Freitas (PL)
  • Afonso Florence (PT)
  • Afonso Motta (PDT)
  • Airton Faleiro (PT)
  • Alcides Rodrigues (Patriota)
  • Alencar S. Braga (PT)
  • Alessandro Molon (PSB)
  • Alex Manente (Cidadania)
  • Alexandre Frota (PSDB)
  • Alexandre Leite (DEM)
  • Alice Portugal (PCdoB)
  • Aliel Machado (PSB)
  • Altineu Côrtes (PL)
  • André Figueiredo (PDT)
  • André Janones (Avante)
  • André de Paula (PSD)
  • Angela Amin (PP)
  • Antonio Brito (PSD)
  • Arlindo Chinaglia (PT)
  • Arnaldo Jardim (Cidadania)
  • Átila Lira (PP)
  • Augusto Coutinho (Solidariedade)
  • Áurea Carolina (PSOL)
  • Aureo Ribeiro (Solidariedade)
  • Bacelar (Podemos)
  • Baleia Rossi (MDB)
  • Benedita da Silva (PT)
  • Beto Faro (PT)
  • Beto Pereira (PSDB)
  • Beto Rosado (PP)
  • Bira do Pindaré (PSB)
  • Bohn Gass (PT)
  • Bosco Costa (PL)
  • Bosco Saraiva (Solidariedade)
  • Bozzella (PSL)
  • Camilo Capiberibe (PSB)
  • Cap. Fábio Abreu (PL)
  • Carlos Sampaio (PSDB)
  • Carlos Veras (PT)
  • Carlos Zarattini (PT)
  • Célio Moura (PT)
  • Célio Studart (PV)
  • Chico D´Angelo (PDT)
  • Chiquinho Brazão (Avante)
  • Christino Aureo (PP)
  • Cristiano Vale (PL)
  • Dagoberto Nogueira (PDT)
  • Damião Feliciano (PDT)
  • Daniel Almeida (PCdoB)
  • Daniel Coelho (Cidadania)
  • Daniela Waguinho (MDB)
  • Danilo Cabral (PSB)
  • David Miranda (PSOL)
  • Delegado Waldir (PSL)
  • Domingos Neto (PSD)
  • Dr.Luiz Antonio Jr (PP)
  • Dulce Miranda (MDB)
  • Edilazio Junior (PSD)
  • Edio Lopes (PL)
  • Eduardo Barbosa (PSDB)
  • Eduardo Bismarck (PDT)
  • Eduardo Cury (PSDB)
  • Eduardo da Fonte (PP)
  • Eli Corrêa Filho (DEM)
  • Elias Vaz (PSB)
  • Enio Verri (PT)
  • Erika Kokay (PT)
  • Fábio Henrique (PDT)
  • Fábio Trad (PSD)
  • Fausto Pinato (PP)
  • Felipe Carreras (PSB)
  • Félix Mendonça Jr (PDT)
  • FernandaMelchionna (PSOL)
  • Fernando Coelho (DEM)
  • FernandoMonteiro (PP)
  • Flávio Nogueira (PDT)
  • Frei Anastacio (PT)
  • Gastão Vieira (PROS)
  • Genecias Noronha (Solidariedade)
  • Geninho Zuliani (DEM)
  • Gervásio Maia (PSB)
  • Gil Cutrim (Republicanos)
  • Glauber Braga (PSOL)
  • Gleisi Hoffmann (PT)
  • Guilherme Mussi (PP)
  • Gustavo Fruet (PDT)
  • Gustinho Ribeiro (Solidariedade)
  • Helder Salomão (PT)
  • Henrique Fontana (PT)
  • Idilvan Alencar (PDT)
  • Isnaldo Bulhões Jr (MDB)
  • Israel Batista (PV)
  • Ivan Valente (PSOL)
  • Jandira Feghali (PCdoB)
  • João C. Bacelar (PL)
  • João Daniel (PT)
  • João Maia (PL)
  • Joenia Wapichana (Rede)
  • Joice Hasselmann (PSL)
  • Jorge Solla (PT)
  • José Airton (PT)
  • José Guimarães (PT)
  • José Nelto (Podemos)
  • José Priante (MDB)
  • José Ricardo (PT)
  • José Rocha (PL)
  • Joseildo Ramos (PT)
  • JosimarMaranhãozi (PL)
  • Julio Lopes (PP)
  • Junior Lourenço (PL)
  • Júnior Mano (PL)
  • Kim Kataguiri (DEM)
  • Leo de Brito (PT)
  • Leonardo Monteiro (PT)
  • Leônidas Cristino (PDT)
  • Lídice da Mata (PSB)
  • Lucas Vergilio (Solidariedade)
  • Luciano Bivar (PSL)
  • Luis Miranda (DEM)
  • Luis Tibé (Avante)
  • Luiz Carlos Motta (PL)
  • LuizAntônioCorrêa (PL)
  • Luiza Erundina (PSOL)
  • Luizão Goulart (Republicanos)
  • Luizianne Lins (PT)
  • Marcelo Aro (PP)
  • Marcelo Calero (Cidadania)
  • Marcelo Freixo (PSB)
  • Marcelo Nilo (PSB)
  • Marcelo Ramos (PL)
  • Marcio Alvino (PL)
  • Marco Bertaiolli (PSD)
  • Marcon (PT)
  • Marcos A. Sampaio (MDB)
  • Margarete Coelho (PP)
  • Marília Arraes (PT)
  • Mário Heringer (PDT)
  • MárioNegromonte Jr (PP)
  • Marreca Filho (Patriota)
  • Merlong Solano (PT)
  • Milton Coelho (PSB)
  • Natália Bonavides (PT)
  • Nereu Crispim (PSL)
  • Newton Cardoso Jr (MDB)
  • Nilson Pinto (PSDB)
  • Nilto Tatto (PT)
  • Odair Cunha (PT)
  • Odorico Monteiro (PSB)
  • Orlando Silva (PCdoB)
  • Otto Alencar (PSD)
  • Padre João (PT)
  • Patrus Ananias (PT)
  • Paulão (PT)
  • Paulo Guedes (PT)
  • Paulo Magalhães (PSD)
  • Paulo Pereira (Solidariedade)
  • Paulo Pimenta (PT)
  • Paulo Ramos (PDT)
  • Paulo Teixeira (PT)
  • Pedro A Bezerra (PTB)
  • Pedro Augusto (PSD)
  • Pedro Cunha Lima (PSDB)
  • Pedro Lucas Fernan (PTB)
  • Pedro Paulo (DEM)
  • Pedro Uczai (PT)
  • Perpétua Almeida (PCdoB)
  • Profª Dorinha (DEM)
  • Prof Marcivania (PCdoB)
  • Profª Rosa Neide (PT)
  • Professora Dayane (PSL)
  • Rafael Motta (PSB)
  • Raimundo Costa (PL)
  • Raul Henry (MDB)
  • Reginaldo Lopes (PT)
  • Rejane Dias (PT)
  • Renildo Calheiros (PCdoB)
  • Rodrigo Agostinho (PSB)
  • Rodrigo Maia (S.Part.)
  • Rodrigo de Castro (PSDB)
  • Rogério Correia (PT)
  • Rubens Bueno (Cidadania)
  • Rubens Otoni (PT)
  • Rubens Pereira Jr. (PCdoB)
  • Rui Falcão (PT)
  • Samuel Moreira (PSDB)
  • Sebastião Oliveira (Avante)
  • Sérgio Brito (PSD)
  • Sergio Toledo (PL)
  • Sidney Leite (PSD)
  • Silvio Costa Filho (Republicanos)
  • Tabata Amaral (PDT)
  • Tadeu Alencar (PSB)
  • Talíria Petrone (PSOL)
  • Tereza Nelma (PSDB)
  • Tiago Mitraud (Novo)
  • Tiririca (PL)
  • Totonho Lopes (PDT)
  • Túlio Gadêlha (PDT)
  • Valdevan Noventa (PL)
  • Valmir Assunção (PT)
  • Valtenir Pereira (MDB)
  • Vander Loubet (PT)
  • Vanderlei Macris (PSDB)
  • Vicentinho (PT)
  • Vicentinho Júnior (PL)
  • Vilson da Fetaemg (PSB)
  • Vinicius Gurgel (PL)
  • Vinicius Poit (Novo)
  • Vitor Lippi (PSDB)
  • Vivi Reis (PSOL)
  • Waldenor Pereira (PT)
  • Walter Alves (MDB)
  • Wellington (PL)
  • Wolney Queiroz (PDT)
  • Zé Carlos (PT)
  • Zé Neto (PT)
  • Zeca Dirceu (PT)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.