Aliado cobra discurso mais duro contra Lula

Aliado dos tucanos, o DEM não esconde o seu descontentamento com a posição que o governador José Serra (PSDB) vem adotando em relação ao governo Lula. Para o presidente da sigla, deputado Rodrigo Maia (RJ), as parcerias administrativas não devem "inibir os discursos políticos dos atores da oposição". "De um governador de Estado pobre até entendo uma posição desse tipo, mas, do contrário, não vejo por que não fazer crítica política com qualidade pelos principais pré-candidatos", declarou. "O presidente Lula critica a oposição o tempo todo e nem por isso a relação com governadores da oposição é ruim."O líder do PSDB na Câmara, José Aníbal, reage: "Os governadores são lideranças políticas, mas, acima de tudo, são governadores. Eles têm de ter relações institucionais com o governo. O exercício da liderança política não pode prevalecer." O presidente do PPS, Roberto Freire, concorda: "É uma ação conjunta. Nada mais aconselhável em razão da crise."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.