Alfredo Nascimento é recebido com festa em Manaus

Aplausos, cerca de dois minutos de queima de fogos, amigos, admiradores, vereadores, um ministro e até um senador. Esse foi o cenário da chegada do novo ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento (PL), no fim da noite desta quinta-feira, a Manaus. Sorridente, o ainda prefeito da capital amazonense confirmou que manterá o cargo até meia-noite do dia 14. A posse, em Brasília, está marcada para o dia 15 deste mês.Mal apareceu no portão de desembarque do aeroporto Eduardo Gomes, em Manaus, Alfredo Nascimento foi demoradamente aplaudido por toda a bancada situacionista da Câmara dos Vereadores. Amigos, correligionários, parentes e até mesmo passageiros que esperavam para embarcar entraram no clima de ufanismo por sua confirmação no Ministério, tendo como fundo uma estrondosa queima de fogos de artifício.Cercado por dezenas de políticos e jornalistas, tentou manter a humildade que sempre marcou seu comportamento. "Nem perguntem como estou me sentindo. Não tenho ainda a dimensão do que é ser ministro. Sei apenas que estou orgulhoso de ver nossa cidade como exemplo na capital do País", disse.Esse orgulho certamente diminuiria se Alfredo tivesse condições de observar o comportamento de seus vereadores. Enquanto deixava a sala de embarque, os políticos trocavam cotoveladas e empurrões em busca de , melhor posição ao lado do novo ministro. Nem mesmo jornalistas escaparam dos mais afoitos. No fim, quem ganhou a disputa foi o vereador Carlos Souza (PL), que posou para as entrevistas literalmente abraçado a Alfredo.Em compensação, Alfredo teve o primeiro reconhecimento em Manaus do que é ser realmente ministro. Ao desembarcar no mesmo vôo, o senador Romeu Tuma (PFL-SP), fez questão de cumprimentar Alfredo no saguão do aeroporto. "Estou em Manaus para visitar a Suframa. Não pude vir na festa de aniversário e faço questão de cumprimentar a Flávia Grosso", disse o senador, referindo-se a superintendente da Zona Franca de Manaus.Na manhã desta quinta-feira, Alfredo participa da inauguração da Secretaria Municipal de Educação, em solenidade já marcada anteriormente. Sorte da secretaria Terezinha Ruiz, que esperava um prefeito na sua festa e acabou ganhando um ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.